AGROFRATER

Vazio sanitário da soja em MT começa dia 08 de junho e se encerra em 06 de setembro

Período que proíbe a existência de qualquer estágio vegetativo de soja ajuda a diminuir incidência da ferrugem asiática

Por Kariane Guerra em 23/05/2024 às 16:03:17

Na safra 2023/2024 foram cadastradas no Indea o total de 16.440 unidades de produção de soja - Foto por: Indea

O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) informa que o período do vazio sanitário da soja em Mato Grosso da safra 2024/25 será de 08 de junho a 06 de setembro. Diferente dos anos anteriores, em que essa data iniciava na 2ª quinzena de junho, a data foi antecipada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) através da publicação da Portaria SDA/MAPA Nº 1.111.



Durante o período de 90 dias de vigência do vazio sanitário fica proibida a existência de qualquer estágio vegetativo de soja, para evitar a existência do fungo Phakopsora pachyrhizi, causador da ferrugem asiática. A doença causa perdas na lavoura, uma vez que leva ao amarelecimento precoce de folhas e caule e prejudica o enchimento dos grãos.

Durante o vazio sanitário, o Indea realizará fiscalizações nas propriedades para verificar se o vazio sanitário está sendo cumprido. O sojicultor que não seguir o período fica sujeito a multas. No ano passado, durante a vigência da medida fitossanitária foram realizadas 5.864 fiscalizações e lavrados 67 autos de infração.

Já o período de semeadura será entre os dias 07 de setembro e 08 de janeiro de 2025.

Produção

Na safra 2023/2024 foram cadastradas no Indea o total de 16.440 unidades de produção de soja, com área declarada de mais de 11,2 milhões de hectares plantados e o número de 8.898 produtores.

Fonte: INDEA MT

Comunicar erro
WHATSAPP
stine

Comentários