AGROFRATER

Pela primeira vez no ano a participação de fêmeas no abate fica abaixo de 50%

Perspectiva no curto prazo é que haja uma redução na intensidade da oferta de animais nas indústrias

Por Kariane Guerra em 10/07/2024 às 15:18:21

Foto: Pedro Silvestre/Canal Rural Mato Grosso

Mato Grosso enviou para o abate em junho 600,74 mil bovinos. Deste volume, 49,72% dos animais eram f√™meas. A menor participação registrada em 2024.


O volume total de bovinos enviados ao gancho em junho, segundo dados do Instituto de Defesa Agropecu√°ria de Mato Grosso (Indea-MT), compilados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecu√°ria (Imea), é 4,26% inferior ao registrado em maio.

O levantamento mostra que em relação aos abates de f√™meas, a quantidade enviada ao gancho no sexto m√™s do ano é, inclusive, 1,78 ponto percentual inferior do registrado em junho de 2023.



"Assim, a variação anual dos abates de f√™meas no estado no último m√™s também reduziu, ficando em +11,57% (ante junho de 2023). Ao passo que no mesmo período de 2023 o indicador girava em torno dos 36%. Isso significa dizer que, apesar de a participação de f√™mea em 2024 estar acima da média histórica, a intensidade nos abates tem reduzido. Essa retração na participação de f√™meas e na variação anual reforça a transição do ciclo pecu√°rio neste ano", pontua o Imea.

O Imea salienta ainda que a expectativa no curto prazo é que a intensidade da oferta de animais nas indústrias de Mato Grosso reduza.

Fonte: Canal Rural MT

Comunicar erro
WHATSAPP

Coment√°rios